LEILÃO VERSUS CONCORRÊNCIA PÚBLICA DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL



No Blog Imóveis da Caixa, costumamos nos referir às execuções extrajudiciais promovidas (direta ou indiretamente) pela CEF por meio de expressões tais quais “Leilões da Caixa”, “Leilões da CEF”, “Leilões de Imóveis da Caixa” ou simplesmente “Leilões de Imóveis”. No entanto, é preciso deixar claro para o leitor que essas expressões não denotam uma única e mesma modalidade de aquisição de imóveis da Caixa Econômica Federal. Na verdade, são pelo menos duas modalidades principais que estão em jogo: os Leilões e as Concorrências Públicas. Nessa postagem, tentaremos esclarecer as principais diferenças envolvidas entre essas duas modalidades de aquisição de imóveis da CEF.

Podemos começar com uma descrição bem geral de cada caso.

Os Leilões são marcados principalmente pelo fato de que os lances são feitos verbalmente (ou levantando uma plaquinha) e pelo fato de que são bem menos burocratizados. Para participar de um Leilão de Imóveis da Caixa Econômica, o interessado só precisa comparecer ao local onde o leilão será realizado (conforme consta no edital), munido de documentos pessoais (CPF e RG) e de dois cheques (um para pagamento da comissão do leiloeiro e outro para pagamento do sinal) - podendo fazer tais pagamentos em dinheiro, se preferir. Não há necessidade de fazer qualquer tipo de inscrição prévia.

As Concorrências Públicas, por sua vez, são mais burocratizadas e não envolvem lances verbais. Os lances são feitos por escrito, através do Formulário de Proposta (documento que acompanha o edital) e devem ser entregues (em local indicado no edital ou em qualquer agência da CEF) em envelope lacrado, acompanhados do comprovante do depósito caução (sinal), que pode ser feito em qualquer agência da CEF.

As despesas envolvidas na aquisição de imóvel através de um Leilão da Caixa Econômica são as seguintes: (i) Comissão do Leiloeiro (5% do valor de arrematação), (ii) Sinal (5% do valor de arrematação), (iii) Escritura, Registro e ITBI (em torno de 4% do valor de arrematação), e (iv) pagamento do restante do valor do imóvel (valor de arrematação menos 5% referente ao sinal); tratando-se de imóvel ocupado, (provavelmente) será preciso acionar a Justiça, a fim de desocupar o imóvel, o que gera uma despesa adicional de aproximadamente 4% do valor de arrematação.

As despesas envolvidas na aquisição de imóvel através de Concorrência Pública da Caixa Econômica são as seguintes: (i) Depósito Caução (5% do valor de avaliação), (ii) Escritura, Registro e ITBI (em torno de 4% do valor de arrematação), (iii) pagamento do restante do valor do imóvel; tratando-se de imóvel ocupado, (provavelmente) será preciso acionar a Justiça, a fim de desocupar o imóvel o que gera uma despesa adicional de aproximadamente 4% do valor de arrematação.

Como se vê, a diferença entre as despesas fica por conta do fato de que, nos Leilões, há a Comissão do Leiloeiro, ao passo que, nas Concorrências Públicas, essa despesa não existe.

Em ambas as modalidades, são admitidos lances para (a) pagamento à vista, (b) com recursos do FGTS, (c) Consórcio Caixa e (d) financiamento habitacional. No entanto, existem regras que, conforme veremos, comprometem a competitividade dos participantes.

Nos Leilões, os interessados em arrematar um imóvel com recursos do FGTS e/ou Consórcio Caixa e/ou Financiamento Habitacional devem comparecer ao leilão munidos do Documento de Habilitação Prévia (cujo modelo consta no edital), que deverá ser solicitado (antes do leilão) em uma agência da Caixa. A partir daí, o interessado estará habilitado para participar do Leilão da Caixa, mas terá que seguir algumas regras que comprometem a competitividade dos lances e que constam no edital. Uma dessas regras é a seguinte: o interessado que pretende pagar o imóvel com financiamento só poderá fazer dois tipos de “lances”, (1) reduzir o valor máximo do financiamento e (2) reduzir o prazo máximo de financiamento, ambos constantes no Documento de Habilitação Prévia, entregue ao leiloeiro no ato do leilão.

Nas Concorrências Públicas, os interessados em arrematar um imóvel com recursos do FGTS e/ou Consórcio Caixa e/ou Financiamento Habitacional, devem comparecer a uma agência da Caixa Econômica para obter financiamento habitacional e/ou liberação do FGTS. A regra que compromete a competitividade de quem pretende se valer de financiamento ou consórcio diz respeito ao deságio de 20% que incide sobre os valores financiados. Por exemplo, se o valor total do lance é de 120 mil reais, sendo 100 mil reais em financiamento, o valor a ser considerado para efeito de determinar o vencedor da Concorrência Pública será a entrada de 20 mil reais acrescida de 80% do valor financiado, ou seja, acrescida de 80% de 100 mil, o que dá 80 mil reais. Nesse caso, o lance desse participante hipotético será o seguinte: 20 mil (entrada) + 80 mil (que equivale a 80% dos 100 mil financiados), o que resulta no montante de 100 mil. Esse valor de 100 mil é usado unicamente para determinar o vencedor da Concorrência Pública. O valor a ser pago por esse participante hipotético continua sendo de 120 mil (20 mil + 100 mil financiados), mas contará como se fosse 100 mil na avaliação do lance vencedor.

Um detalhe curioso dos Leilões é que parecem chamar mais a atenção das pessoas. Em geral, há mais participantes, provavelmente em decorrência da pouca burocracia envolvida na habilitação (basta ir até o local indicado no edital). Além disso, eles têm uma dose a mais de emoção, já que os lances são feitos verbalmente e é permitido "retrucar" o lance dos demais participantes (o que está fora de questão nas Concorrências Públicas).

Aos interessados em obter informações mais detalhadas sobre essas duas modalidades de aquisição de imóveis da CEF, é aconselhável visitar o site da Caixa Econômica a fim de fazer o download de alguns editais, nos quais constam todas as regras envolvidas em cada caso. Além disso, é claro, o leitor pode se valer das demais postagens do Blog Imóveis da Caixa.

Se você gostou dessa postagem e quer que o Blog Imóveis da Caixa continue trazendo informações úteis sobre Leilões de Imóveis e Concorrências Públicas gratuitamente para você, por favor, clique no +1 logo abaixo!

Para dúvidas, críticas e sugestões, deixe um comentário. Abaixo, links que podem ser de seu interesse:


LEILÃO VERSUS CONCORRÊNCIA PÚBLICA DA CEF
Saiba um pouco mais sobre os leilões e concorrências públicas da Caixa Econômica Federal. Entenda as diferenças entre essas duas modalidades de aquisição de imóveis da CEF!

DESOCUPAÇÃO DE IMÓVEL DA CEF: DUAS PERGUNTAS
Quer saber mais sobre a desocupação de imóveis da CEF. Leia esta postagem e saiba se a jurisprudência dos tribunais está a favor do arrematante do imóvel!

IMÓVEL COMPRADO EM LEILÃO DA CAIXA ECONÔMICA
Veja o relato completo de quem comprou um imóvel nos Leilões da Caixa Econômica e fez um ótimo negócio. Saiba como tudo funciona e descubra detalhes sobre o processo judicial de desocupação do imóvel!

LEILÕES DA CAIXA: DÚVIDAS COMUNS
Conheça os leilões de imóveis da Caixa Econômica Federal e descubra como comprar imóveis pagando até 40% abaixo do valor de mercado!

LEILÕES DA CAIXA: CONSULTE OS IMÓVEIS À VENDA!
Saiba como consultar os imóveis (casas e apartamentos) que serão leiloados pela CEF (Caixa Econômica Federal) na sua cidade!

LEILÕES DA CEF | DICAS DE AVALIAÇÃO DE IMÓVEIS
Veja algumas dicas de como avaliar o valor de mercado dos imóveis de leilões da Caixa Econômica Federal!

LEILÕES DA CAIXA | DESPEJO DE MORADOR OU DESOCUPAÇÃO DE IMÓVEL
Saiba como proceder (judicialmente e extrajudicialmente) para desocupar o imóvel que você comprou em um leilão da CEF - Caixa Econômica Federal!

INVESTIMENTOS: LEILÕES DE IMÓVEIS
Conheça os leilões de imóveis da Caixa Econômica Federal e descubra novas alternativas de investimento para o seu dinheiro!

REGISTRO DE IMÓVEIS, ESCRITURA E ITBI
Aprenda a calcular os custos com documentação (registro, escritura e ITBI) na compra de imóveis!

VENDA DE IMÓVEIS: IMPOSTO DE RENDA
Entenda o Imposto de Renda (IR) na venda de imóveis, conheça as bases legais, a alíquota e o fator de redução!

LEILÕES DE IMÓVEIS: RISCO DE EVICÇÃO DE DIREITO
Saiba o que acontece com o arrematante do imóvel no leilão da CEF quando a Justiça decide em favor do ex-mutuário e atual morador inadimplente!

LEILÕES DE IMÓVEIS: ASPECTOS JURÍDICOS
Entenda um pouco mais sobre os aspectos jurídicos envolvidos nos leilões de imóveis e tenha convicção na escolha dos imóveis nos quais você pretende dar lance!

IMISSÃO DE POSSE | ANTECIPAÇÃO DE TUTELA
Saiba mais sobre a ação de imissão de posse e conheça o instrumento jurídico através do qual se deve proceder para desocupar um imóvel arrematado em leilão!

LEILÕES: SENTENÇAS DE EX-MUTUÁRIOS CONTRA A CEF
Veja algumas sentenças de ações judiciais de ex-mutuários contra a Caixa Econômica Federal e saiba como os tribunais têm entendido essas disputas!

LEILÕES DE IMÓVEIS: CONSULTA DE PROCESSOS
Aprenda a consultar os processos judiciais de imóveis de leilão da CEF e saiba como estimar o risco de evicção de direito, evitando ver o seu dinheiro parado sem rendimentos!

LEILÕES DE IMÓVEIS: RELATO
Veja o relato de alguém que já participou dos leilões de imóveis da Caixa Econômica Federal e não deixe de dar a sua opinião!

FEIRÃO DA CAIXA NÃO É LEILÃO DA CAIXA!
Descubra quais são as diferenças e deixe de fazer confusão entre duas modalidades totalmente distintas de aquisição imobiliária!

LEILÕES CAIXA: DISPUTAS JUDICIAIS
Entenda os aspectos mais básicos relativos às disputas judiciais entre ex-mutuários e Caixa Econômica Federal e aprenda avaliar os riscos na escolha de imóveis de leilão!

SUSPENSÃO OU CANCELAMENTO DE LEILÃO DA CAIXA ECONÔMICA
Pesquisa de jurisprudência: saiba o que os juízes têm decidido a respeito de cancelamento ou suspensão de leilões de imóveis da Caixa Econômica.

ENTREVISTA COM QUEM COMPROU IMÓVEL EM LEILÃO DA CAIXA ECONÔMICA
Aprenda com a experiência de uma leitora do blog, que comprou um imóvel em um leilão da Caixa Econômica Federal.

SOBRE O BLOG IMÓVEIS DA CAIXA
Conheça um pouco mais sobre o Blog Imóveis da Caixa e faça parte dessa comunidade, contribuindo com informações para todos os interessados!

BLOG IMÓVEIS DA CAIXA | HOME
Volte à página inicial!

8 comentários:

  1. Muito bom, colega. Parabéns pelos esclarecimentos.

    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Muito boa as dicas, parabéns, quero aproveitar para compartilhar com vocês aqui também um artigo com dicas de como comprar um imóvel na planta... http://edsimoveis.com.br/dicas-comprar-imovel-na-planta

    ResponderExcluir
  3. Maria izabel- pe,eu estava a procura de assunto relacionado a leilões da caixa, eu estou passando por esse poblema,meu marido comprou uma casa no bairro mario bezerra em vitória de santo antão-pe,tempo depois a caixa mandou uma carta para quitar a casa,no valor R$ 292,42 centavos. a caixa deu a ele uma documentação de contrato por instrumento particular de compra e venda do imóvel.no mome dele e documentação.agora a caixa fez um leilão e vendeu a nossa casa,já veio na minha casa o novo dono.com a mesma documentação.estou muito preocupada, espero uma resposta de vocês.adorei o site,estão de parabéns.meu e-mail é (izabelgomes1980@gmail.com)obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Izabel, você ainda tem essa carta relativa à quitação do imóvel? Se você puder comprovar a quitação do imóvel, terá boas razões a teu favor e contra o arrematante do imóvel. Providencie toda a documentação que for útil para provar que o imóvel já está quitado e procure a defensoria pública (ou mesmo um advogado particular) para te defender nos tribunais.

      Excluir
  4. + uma vez parabens pelo site, tenho uma duvida, é possivel acompanhar presencialmente as concorrencias publicas, mesmo não estão concorrendo a nenhum imovel, como pode ser feito nos leilões, para aprendizado ???

    ResponderExcluir
  5. QUANTO TEMPO DEPOIS DO 2º LEILAO A CAIXA FAZ A CONCORRENCIA PUBLICA EM MÉDIA?

    ResponderExcluir
  6. Até agora não sei o que é licitação e a diferença disso em relação a leilão e concorrência pública. Na lista dos imóveis só consta a informação sobre a venda ser direta ou através de licitação. Não acho quem esclareça isso.

    O blog é muito bom, o autor é inteligente, domina as informações e o a língua portuguesa. Nesse país de analfabetos funcionais isso é uma preciosidade. Já o recomendei para várias pessoas.

    ResponderExcluir
  7. Ótimo Blog! Claro, conciso e com ótimo domínio do assunto! Parabéns!

    ResponderExcluir

Para postagens futuras relacionadas a oportunidades de negócios, o que você sugere como assunto?

Seguidores

Postagens populares